Nova droga para Parkinson é testada

Pesquisadores da Universidade Binghamton, nos Estados Unidos, desenvolveram uma nova droga para Parkinson, que pode reduzir a progressão da doença e também aliviar os sintomas em seus pacientes.   (mais…)

Leia Mais

nova droga para Parkinson

A importância da fisioterapia no tratamento de Parkinson

A primeira recomendação que todo paciente de Parkinson recebe é: faça uma atividade física com frequência. Independentemente da intensidade, muitos estudos já comprovaram que treinos regulares conseguem ajudar no controle dos sintomas motores da doença. Porém, é preciso conhecer a importância da fisioterapia no tratamento de Parkinson antes de calçar o par de tênis e suar a camisa. Um fisioterapeuta poderá montar um treino ou uma ...

Leia Mais

a fisioterapia no tratamento de Parkinson

A rotina de um paciente de Parkinson

Judson Borges Rosa, 54 anos, tem Parkinson há 15 anos. Para tornar seus dias mais leves e garantir bem-estar e autonomia, ele fez o que todos - independentemente de ter ou não uma doença - deveríamos fazer: Judson se colocou como prioridade de sua vida. Com disciplina, ele estabeleceu rotinas e as segue à risca. A seguir, você vai ler um depoimento forte, emocionante e cheio de lições de um paciente de Parkinson. Uma bela inspiração!...

Leia Mais

Paciente de Parkinson

Quem cuida merece ser cuidado também

Os cuidadores de pacientes de Parkinson merecem ser cuidados também! Este é o conselho da neuropsicóloga Fernanda M. Colucci Fonoff para todas as pessoas que se dedicam aos parkinsonianos. Saiba mais no texto abaixo, assinado por ela. (mais…)

Leia Mais

Cuidadores de pacientes de Parkinson

Como reconhecer os sintomas do Parkinson

Os primeiros sintomas do Parkinson são sutis e surgem gradualmente. Podem passar despercebidos por muito tempo ou ser considerados traços característicos do envelhecimento, o que dificulta o diagnóstico da doença. Mas quanto antes ela for detectada, maiores são as chances de os tratamentos retardarem sua progressão. Se você ou alguém próximo apresentar mais de um dos sintomas do Parkinson listados a seguir, procure um médico de sua ...

Leia Mais

sintomas do parkinson

Parkinson em jovens existe?

Por muito tempo, a doença de Parkinson foi considerada uma doença da terceira idade, que atinge apenas idosos. Quando o ator americano Michael J. Fox, 55 anos, contou ao público que era um parkinsoniano desde os 29, o mundo abriu os olhos para o Parkinson em jovens. Embora não seja o quadro mais comum, ele está aí. Saiba como a doença se apresenta em pessoas mais novas. (mais…)

Leia Mais

Parkinson em jovens

Exercício é fundamental no tratamento do Parkinson

O exercício, como todos já sabem, faz bem à saúde e promove o bem-estar. Mas para o tratamento do Parkinson, a atividade física é ainda mais importante e indispensável a maioria dos pacientes. Estudos científicos mostram que os parkinsonianos que praticam algum exercício regularmente conseguem realizar as atividades normais do dia-a-dia por mais tempo e reduzir a velocidade da progressão dos sintomas como rigidez muscular e falta de ...

Leia Mais

parkinson exercicio

Evolução do Parkinson

A evolução do Parkinson atinge cada pessoa de forma única e individualizada. Embora exista uma lista de sintomas que defina a doença, os médicos não conseguem ainda prever como e quando cada um deles se manifestará. Alguns parkinsonianos fazem esportes diariamente, enquanto outros têm enorme dificuldade para andar dentro de casa. Cada caso é único. Mas, em velocidade e intensidade diferentes, a evolução do Parkinson segue um caminho ...

Leia Mais

evolução do parkinson

Como melhorar a marcha do parkinsoniano

Os sintomas da doença de Parkinson aparecem para cada paciente de forma e intensidade diferentes. O tremor, por exemplo, tão típico, não atinge todo mundo. Mas a marcha, ou o caminhar, geralmente se altera em todos os pacientes à medida que a doença evolui. Como melhorar a marcha do parkinsoniano passa a ser um grande desafio para todos.  (mais…)

Leia Mais

Erich fonoff parkinson

Parkinson não é incompatível com o trabalho

"É inegável que a doença de Parkinson impõe uma série de limitações aos pacientes. Porém, com tratamento adequado, os sintomas mais incapacitantes podem ser bem controlados e assim levar anos para serem notados." Para entender como o Parkinson e o trabalho são compatíveis, leia o texto, do dr. Erich Fonoff, neurocirurgião especialista em doença de Parkinson, na íntegra aqui.

Leia Mais

Erich Fonoff Parkinson