Exercícios melhoram o equilíbrio e reduzem quedas

Um dos principais acidentes domésticos com idosos são as quedas. Elas podem ser dramáticas e devastadoras. Mais de 90% das fraturas de quadril, por exemplo, acontecem após uma queda. No Brasil, os números também confirmam a fragilidade dos mais velhos: há uma queda para um entre cada três indivíduos com mais de 65 anos e, acima de 80 anos, quase metade das pessoas sofre uma queda por ano. Embora esta fragilidade seja parte do envelhec...

Leia Mais

Exercícios melhoram o equilíbrio

Café não melhora os sintomas do Parkinson

Vários alimentos já foram consumidos em grande quantidade por fazerem bem e, depois de um tempo, banidos da dieta ou, pelo menos, rebaixados do posto. Ovo, abacate, manteiga para citar alguns. Para o paciente de Parkinson, a expectativa por benefícios naquilo que se consome segue a mesma linha. Ora pode e faz bem, ora não altera nada. A última notícia é sobre o café. Ao contrário do que se acreditava, o café não melhora os sintomas do ...

Leia Mais

café não melhora os sintomas do Parkinson

Videogame ajuda pacientes de Parkinson

Na busca por novos tratamentos para a doença de Parkinson, professores da Universidade Purdue (EUA), descobriram que jogos do sistema Wii, da Nintendo, têm melhorado o movimento, a fala e a qualidade de vida de pacientes. Os jogos propõem uma realidade virtual, onde a brincadeira é simular movimentos diversos de atividades como esqui, futebol, ioga e tênis. (mais…)

Leia Mais

Videogame ajuda pacientes de Parkinson

Problemas de pele na doença de Parkinson

A doença de Parkinson afeta principalmente os movimentos. Mas, ela traz uma lista extensa de sintomas não-motores: depressão, perda olfativa, alterações na fala e... problemas de pele. Sim, o Parkinson afeta de forma desagradável e, às vezes, grave, a pele, o maior órgão do corpo humano, de diversas maneiras. Conheça os três problemas de pele mais recorrentes na doença de Parkinson e como controlá-los. (mais…)

Leia Mais

problemas de pele no parkinson

A fonoaudiologia no tratamento do Parkinson

Além dos sintomas motores conhecidos – tremor, desequilíbrio, rigidez, lentidão nos movimentos -, a doença de Parkinson afeta também a fala, a salivação e a deglutição. Estes sintomas não surgem para todos os pacientes no mesmo estágio da doença nem com a mesma intensidade. Na maioria das vezes, só são percebidos com o passar do tempo. Mas, vale o alerta: exercícios de fonoaudiologia no tratamento do Parkinson têm se mostrado ...

Leia Mais

fonoaudiologia no tratamento do Parkinson

Reabilitação cognitiva no tratamento do Parkinson

Os sintomas motores da doença de Parkinson, como o tremor, a rigidez motora e alteração na marcha, são bem conhecidos. No entanto, no paralelo, há uma série de sintomas não-motores, como alterações cognitivas e do sono, depressão e ansiedade.  Cada um deles afeta o paciente de uma maneira e em uma intensidade. Todos, porém, merecem igual atenção. A seguir, conheça a reabilitação cognitiva no tratamento do Parkinson, no texto da ...

Leia Mais

reabilitação cognitiva no tratamento do Parkinson

Dr. Erich Fonoff fala sobre Parkinson e atividade física

Parkinson Hoje segue com a série Dr. Erich Fonoff Responde no nosso canal no YouTube. Com a missão de trazer informações úteis e tirar dúvidas sobre o Parkinson, a série de vídeos responde as principais perguntas que os leitores têm sobre a doença, como os sintomas, os tratamentos e outros assuntos fundamentais para pacientes, familiares e cuidadores. Quem responde é o nosso diretor técnico, Dr. Erich Fonoff, médico neurocirurg...

Leia Mais

Dr. Erich Fonoff fala sobre Parkinson e atividade física

Como superar o congelamento no Parkinson

Assim como o tremor e a lentidão nos movimentos, muitos pacientes de Parkinson também apresentam episódios de congelamento, ou freezing em inglês. Estudos estatísticos mostram que cerca de 1/3 dos parkinsonianos tem esta complicação na sua lista de sintomas, em alguns momentos da vida. Embora pareça algo simples para quem não o desenvolve, o congelamento no Parkinson é um dos grandes causadores de instabilidade e, consequentemente, de ...

Leia Mais

congelamento no Parkinson

A importância da fisioterapia no tratamento de Parkinson

A primeira recomendação que todo paciente de Parkinson recebe é: faça uma atividade física com frequência. Independentemente da intensidade, muitos estudos já comprovaram que treinos regulares conseguem ajudar no controle dos sintomas motores da doença. Porém, é preciso conhecer a importância da fisioterapia no tratamento de Parkinson antes de calçar o par de tênis e suar a camisa. Um fisioterapeuta poderá montar um treino ou uma ...

Leia Mais

a fisioterapia no tratamento de Parkinson

6 cuidados para viajar com Parkinson

Viagens tiram todo mundo do eixo. Os horários mudam, as refeições são diferentes, o sono se altera, enfim, a rotina de antes nunca é a mesma. Para os pacientes de Parkinson, uma viagem de férias, que para todos é um descanso, pode ser uma enorme fonte de estresse. A imprevisibilidade dos sintomas somada às mudanças dos hábitos gera um enorme desafio para quem viajar com Parkinson. Se você conseguir tirar uns dias de folga e fugir da ...

Leia Mais

Como viajar com Parkinson