Remédio para diabetes é usado no tratamento de Parkinson

05/08/2017

Estudo mostra que medicamento utilizado para tratar diabetes tipo 2, a exenatida, pode ser eficaz no tratamento de Parkinson. Além de melhorar questões relacionadas ao movimento, ela também pode reduzir a progressão da doença. Os medicamentos antiparkinsonianos disponíveis no mercado hoje ajudam a controlar os sintomas, porém nenhum deles impede a doença de progredir.

Os testes foram realizados em 60 pacientes de Parkinson. Alguns receberam injeções de exenatida semanais, enquanto outros tomaram placebo. Após 48 semanas, os cientistas responsáveis pelo trabalho, do Instituto de Neurologia da University College London, verificaram melhora significativa no movimento, como redução de tremores, rigidez de membros e capacidade para se equilibrar. Eles, no entanto, afirmaram que mais pesquisa é necessário antes de utilizar exenatida no tratamento de Parkinson.

Os resultados são bem promissores, pois os pesquisadores observaram que a quantidade da droga que chegou ao cérebro foi pequena. Se, comprovada sua eficácia, e novos tratamentos forem desenvolvidos a partir daí em dosagens adequadas, os benefícios poderão ser ainda maiores.

Para saber mais sobre os tratamentos de Parkinson, clique aqui.

Atualizado em 06/08/2017.

 


Participe da comunidade Parkinson Hoje no Facebook.